Índice de preços de imóveis residenciais de Manhattan se aproxima de maior nível pré-crise

Índice de preços de imóveis residenciais de Manhattan se aproxima de maior nível pré-crise

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os preços médios do mercado imobiliário residencial na ilha de Manhattan medidos pelo índice StreetEasy em julho de 2013 (último dado) mostra um crescimento de quase 20% desde o ponto mínimo da crise atingido em novembro de 2009. Partindo-se do nível de julho, basta subir 2% que o mercado já atinge o ponto máximo ocorrido antes da crise. Veja o gráfico. Se mantiver o mesmo ritmo de crescimento, isso poderá ocorrer pelos próximos 6 meses.

oferta demanda manhattan sep13O mercado em Manhattan segue pressionado por falta de produto em oferta. Note que a quantidade de imóveis ofertados no mercado segue uma trajetória descendente desde setembro de 2011 e por dois anos ela cai quase pela metade. Veja a linha azul no gráfico. A quantidade de contratos fechados foi aumentando durante o mesmo período. Veja as barras vermelhas no gráfico.

Como resultado, depois de um breve período pós-crise, já é novamente comum haver múltiplos interessados fazendo propostas simultâneas a um imóvel bem precificado em pouco tempo que aparece no mercado. Muitos vendedores aproveitam-se da situação para conseguir não apenas os melhores preços, como também os melhores termos oferecidos por compradores (como pagamento à vista, etc.), principalmente dos mais desesperados. Está ocorrendo no mercado muitos relatos de casos na qual o vendedor deixa as propostas recebidas sem resposta e lança ainda mais um “open house” na esperança de conseguir nova propostas, quem sabe melhores que as que já estão sobre a mesa. Outra prática comum tem sido estabelecerem uma data-limite para receber todas as propostas dando aos potenciais compradores uma oportunidade única para fazerem as suas melhores ofertas possíveis.

Diante dessa situação, quando ocorrer, compradores em Manhattan precisam estar muito atentos e afiados com as estratégias certas de negociação. Até porque a informação está toda concentrada nas mãos dos vendedores, que sabem quantas propostas tem em mãos e a que preços, o comprador precisa estar bem assessorado pelo seu próprio agente. Cabe lembrar que o corretor anunciante é o agente do vendedor e não representará os interesses do comprador. O valor de ter um representante que saiba muito bem do que está ocorrendo no mercado e negociando pelo comprador pode ser imenso pela economia que poderá lhe trazer nas negociações em situações desfavoráveis como essas.

Leave a Comment

You must be logged in to post a comment.